Seminário Psicopatologia e Dinâmica Relacional

APRESENTAÇÃO:

Trata-se de um seminário de psicopatologia na perspectiva psicanalítica no qual prevalecem as dinâmicas relacionais desde a emergência da pessoa na relação primária mãe-bebé até à complexidade das relações do adulto consigo mesmo e com os outros.

Abrange aspectos teóricos com suporte clínico sobre o desenvolvimento normal e patológico, sobre a primeira e segunda infância, idade escolar, puberdade, adolescência e vida adulta.

COORDENADOR E FORMADOR:

Prof. Doutor Manuel Matos

DURAÇÃO: Seminário quinzenal de Setembro a Julho. 20 sessões de 2 horas cada

HORÁRIO: Quartas-feiras das 19h30 às 21h30

FREQUÊNCIA: Obrigatória no 1.º ano de formação

Módulo extracurricular mediante parecer favorável da comissão Científica

Acreditação solicitada à Ordem dos Psicólogos Portugueses

OBJECTIVOS:

  • Identificar as diferentes modalidades de funcionamento psíquico e agir em conformidade nos respectivos processos psicoterapêuticos.
  • Entender a psicopatologia como o resultado das distorções relacionais que comprometem o desenvolvimento normal.
  • Compreender os diferentes quadros clínicos e o sofrimento psíquico dentro de um leque de atitudes, ou comportamentos que vão desde o esforço de adaptação à realidade, à retirada relacional, ou mesmo ao encapsulamento psíquico.
  • Considerar o adoecer psíquico como indissociável do contexto em situações de dependência.
  • Privilegiar linhas de pensamento transversais segundo as quais:
    • a pessoa só existe em relação;
    • a identidade do paciente não se confunde com um eventual diagnóstico.
  • Relativizar o diagnóstico, compreendê-lo como um processo dinâmico susceptível de evolução em função das modalidades relacionais.

Comments are closed.

  • Siga-nos/Partilhe

    Facebook
    Facebook
    LinkedIn